Lander XTZ 250 2016 – Yamaha On/Off Road

@motosmotor

Com a saída da XR 250 Tornado, modelo ficou praticamente sozinho no mercado

A Lander XTZ 250 é uma motocicleta de categoria On/Off Road produzida pela Yamaha, desde 2006. Dois anos seguintes, a partir do lançamento do modelo, a XT 225 (18,5 cv – 1996/2008) teve produção descontinuada e entregou mais espaço no mercado para a nova versão.

Motor e algumas características técnicas da XTZ 250

Com estrutura média para uso misto, faz dela uma das motocicletas ideais para uso cotidiano. Possui motor monocilíndrico SOHC de 249 cm³ refrigerado a ar com radiador de óleo. Conta com pistão forjado e cilindro com revestimento cerâmico, suportando, desta forma, elevada vida útil.

Lander XTZ 250 2016
Imagem: Yamaha Lander XTZ 250 2016 – Foto (Divulgação)

Na versão a gasolina, desenvolve potência máxima de 20,7 cv a 8,000 rpm e torque de 2,09 kgf.m a 6.500 rpm. Menos potência e torque que a antiga concorrente de mercado XR 250 Tornado, até o final de 2008, porém foi privilegiada na economia de combustível que melhorou ainda mais com o avançado diferenças – carburador e injeção empregado após novas normas do PROMOT em 2009.

Agilidade nas frenagens estão garantidas com os freios a disco nas duas rodas. Possui tanque de combustível anticorrosivo com capacidade para 11 litros. Painel digital multifuncional com hodômetro para combustível, relógio e alertas de sinal da injeção eletrônica, entre algumas funções.

Desde o lançamento, devido ao perfeito design técnico e visual, a XTZ 250 obteve poucas modificações que ficaram por conta de novos grafismos, cores, e novo sistema de injeção eletrônica implementado em 2009. Divulgado em 2014, o modelo 2015 teve preço inicial estabelecido em R$ 12.840,00*. o qual passou para R$ 14.150,00* na versão 2016 que conta com sistema de injeção eletrônica diferenças – carburador e injeção, permitindo, agora, o abastecimento com etanol.

A Lander 2016 teve modificações técnicas e visuais

Além do sistema de injeção BlueFlex da Yamaha, a XTZ 250 2016 recebeu novo painel em LCD com iluminação em vermelho e luz indicadora de pilotagem econômica que acende no propósito atingido, setas em cristal, novos grafismos e novas cores disponíveis: branca e cinza.

Especificações técnicas da Lander XTZ 250 2014/2016

MOTOR
Tipo 4 tempos, OHC, refrigeração a ar com radiador óleo, 2 válvulas
Quantidade de cilindros 1 cilindro
Cilindrada 249,45 cm³
Diâmetro x curso 74 x 58 mm
Taxa de compressão 9,80 : 1
Potência máxima 20,7 cv a 8,000 rpm
Torque máximo 2,09 kgf.m a 6.500 rpm
Velocidade máxima 142 km/h* (youtube)
Sistema de lubrificação Cárter úmido, com radiador de óleo
Alimentação 2015 – Injeção Eletrônica AISAN
2016 – Injeção Eletrônica BlueFlex
Consumo médio 2015 – 28,5 km/l*
Embreagem Multidisco banhado a óleo
Câmbio 5 velocidades, engrenamento constante
Sistema de ignição TCI
Sistema de partida Elétrica
Transmissão primária Engrenagens
Transmissão secundária Corrente
Bateria HELIAR 12V x 6Ah (XTZ-DL), selada
CHASSI
Quadro Semi Berço duplo em aço
Suspensão dianteira / curso Garfo telescópico / 240 mm
Suspensão traseira / curso Monoamortecida com link / 220 mm
Ângulo de cáster 26,5°
Trail 103 mm
Freio dianteiro Disco de 245 mm de diâmetro
Freio traseiro Disco de 203 mm de diâmetro
Pneu dianteiro 80/90 – 21M/C 48S – METZELER/ENDURO 3
Pneu traseiro 120/80 – 18M/C 62S – METZELER/ENDURO 3
DIMENSÕES
Comprimento x Largura x Altura 2.125 X 830 X 1.080 mm
Distância entre eixos 1.390 mm
Altura do assento 875 mm
Altura mínima do solo 245 mm
Peso seco 132 kg
Capacidade do óleo do motor 1,45 litros (contando filtro de óleo)
Capacidade do tanque de combustível 11 litros
GERAL
Cores 2014/2015 > Laranja, preta e azul
2016 – Preta, azul, laranja, branca
Painel de Instrumentos Cristal liquido multifuncional, hodômetro total e dois parciais(trip1 e trip2), mais hodômetro do combustível (f-trip), marcador do nível de combustível digital e relógio, luzes espias, velocímetro e conta-giros digital. 2016 > indicador de pilotagem econômica.
Preço Lançamento 2013 > R$ 11.930,00*
2014/2015 > R$ 12.840,00*
2016 > R$14.150,00*
Clique para Ver a tabela de preços atualizada

Fotos/imagens de divulgação

Video selecionado XTZ 250

https://youtube.com/watch?v=2lNSPJPgDy0%3Frel%3D0%26showinfo%3D0

Você esta satisfeito com a XTZ 250 Lander?

  • Sim. A motocicleta esta perfeita. (91%, 191 Votes)
  • Não. Recomendo outro modelo de mesma categoria. (9%, 19 Votes)

Total de Votos: 210


O que você acha sobre o preço XTZ 250 Lander?

  • Justo. Vale cada centavo. (52%, 98 Votes)
  • Caro. A motocicleta não vale este preço. (48%, 92 Votes)

Total de Votos: 190


XTZ 250 Lander vs XRE 300

  • XTZ 250 Lander (86%, 202 Votes)
  • XRE 300 (14%, 34 Votes)

Total de Votos: 236


* As informações contidas aqui podem não coincidir com atualizações da fabricante e podem ser modificadas a qualquer momento sem aviso. Para melhores informações, é sugerido que visite o site oficial da Yamaha Motos.

18 comentarios em “Lander XTZ 250 2016 – Yamaha On/Off Road

  1. esta moto é surpreendente. muito superior à xre 300 em todos os aspectos. ótima para aventura off road. já tive duas xtz e sei oque tô falando.

    1. já estou com minha quarta lander, gosto muito dela, é um show de moto, agora pretendo comprar uma de motor 600, da yamanha é claro!!

  2. pretendo adquirir uma lander 2015 pois as opiniões de usuários me conveceram em oposição à xre 300 da honda. decidi que vou trocar a minha fazer por uma lander.

  3. comecei a pagar essa danada e pretendo tirar ela com 5 meses pesquisei muito sobre essa categoria e foi amor à primeira vista se o que ceus usuários falam dela é verdade vos tarde bem cervido comecei com a yanaha e n me decepcionei tenho certeza que também desa vez vou me dar bem

  4. a xtz 250 lander da yamaha é uma excelente moto só com pequeno detalhe, o banco do acento do piloto, é bastante duro quando a viagem é longa sentimos muita dore nas costas, o não tem a quela cavidade para que o piloto se sinta mais confortável.

  5. peguei a minha lander 2015 mês passado, extremamente satisfeito, que moto meus amigos.. vale cada centavo.. :d tenho essa preta com grafismos verdes! show!!!

  6. tenho uma lander 2012 e vou trocar por uma 2015 pk quem andar numa lander sabe a emoção q eu tem em andar em moto muito confortavel em todos os aspectos andar muito e yamaha motor muito macio e muito masi resistente do qeu a da sua concorrente

  7. não posso dizer que estou satisfeito, a minha está com 1000 km rodados e alguns problemas aparentes que estão me incomodando.

  8. bem tenho uma 2014 março fez um ano 11 mil km e só alegria . quem compra uma lander nunca mais que nem ouvir falar em honda ou seja só onda mesmo. lander máquina mesmoooooo

  9. já estou na minha segunda lander,
    e nunca tive problemas com ela, a minha landet 2014 retirada em outubro já está com 38 mil km, a moto aguenta qualquer tranco brinco trilha, grau, é a minha moto do dia dia, já fiz várias viagens em minha bela máquina.

  10. tem um mês q comprei minha lander 2008 na mão de um amigo, e tô super satisfeito. q nave, na terceira marcha a moto quer voar! conforto, estabilidade, presença, economia, resumindo: custo-beneficio!

  11. comprei uma lander 250 preta e verde ano 2015 !! a moto e demais !!! estou surper satisfeito !!! economica ..agilidade na pilotagem !!.. nota 10 para lander !!
    melhor q a lander 250 so.eu.pegando mesmo a xt 660 ….
    parabens a yamaha..!

  12. adquiri há pouco mais de um mês uma lander 2009 com baixíssima quilometragem. a moto é um excelente custo-benefício, consumindo cerca de 30 km/litro; boa de cidade, estrada pavimentada, estrada de terra. únicos detalhes que poderiam ser revistos para melhorar ainda mais o que já é bom seria melhorar o conforto do assento, melhorar os freios “borrachudos” e diminuir o nível do ruído do motor que, principalmente rodando em estradas a 6.000/7.000rpm, acaba incomodando. de resto, recomendadíssima!!!

  13. tenho uma 2016 c 12.000 km, fiz varias viagens, excelente moto msm, na estrada pede a 6′ marcha mas da p levar de boa só c a 5′, conforto incomparável…

  14. olá! sou motociclista há mais de 30 anos ,há duas semanas comprei uma lander 2007 com apenas 11000km conservadissima, com pneus originais ainda.
    já no primeiro final de semana fiz uma viagem de 700km, sem carona fez média 25/lt à 110/ h.
    com 150km rodados piscou a reserva + 10km abasteci 6.5lt gasolina. primeira parada fiquei sentindo um formigamento nos braços e pernas.
    já no restante da viajem o corpo acostumou.
    creio que o banco poderia ser mais largo e anatômico para propiciar mais conforto em viagens,
    além de um sistema de coxim de borracha na mesa do guidom para minimizar a vibração do motor transmitida ao quadro. o ideal seriam coxins de borracha no motor semelhante aos usados em automóveis, que isolaria toda vibração do motor transmitida ao chassi da moto.
    tive problema quase no final da viagem, a perda do parafuso que fixa o escapamento em baixo do banco
    causou a queda dele sobre o protetor da pinça de freio traseiro, quebrando o protetor de plástico. no mais a moto tem uma boa ciclística, estável em curvas e boa em frenagem, anda bem no chão batido e suspensão absorve bem as imperfeições.

  15. eu comprei uma lander 2016 e moto pra ninguem bota defeito, a minha na gasolina ta fazendo 33 km rodando a 90 km, de enrolar o cabo ela fax em media 28 ou 29, excelente moto. eu dai dela pra comprar outra zero. a yamaha tem que pensar um pouco só no banco mais nada. e estou um pouco decepcionado pq a minha completou 10.000 e aqui em sao jose do rio preto não ten mais concessionaria pra mim fazer a revisão, a que tinha aqui que era a rode motos fechou, e não entrou mais nem uma, estamos de mão atada, valeu abraço.

  16. Tenho uma lander 2016 com um ano de uso foi mais de 10 vezes mexida no motor e um ano 10 meses mais 5 vezes mexida no motor traduzido um sonho virou pesadelo so meu deu dor de cabeça e me arrependo de ter comprado ela amargamente não recomendo parece que peguei a ovelha negra do lote de fabricação pq tenho vários amigo com a lander e nenhum deu problema que nem a minha olha que só ando final de semana com ela se andasse pra cima pra baixo já tinha fundido o motor dela não recomendo ela pra ninguém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *