Consórcio, financiamento ou pagamento à vista

@motosmotor

Uma boa pesquisa antes de fechar negócio pode garantir economia superior a 20%

O vasto território brasileiro, resulta em preços variados em cada região do País. Por esse motivo, antes de fechar negócio na aquisição de carros ou motos, é recomendado uma pesquisa cautelosa por parte do comprador.

Pagamento à vista é a modalidade mais econômica para compras

Nesta modalidade, o comprador deve efetuar o pagamento à vista do valor total da motocicleta no momento da compra. Deve ter em mãos, os documentos necessários para gerar nota fiscal da compra e transferência da motocicleta que pode ser feita no mesmo dia. É o modo mais rápido e mais econômico para quem já possui o dinheiro em mãos, além disso, esta modalidade evita pendência de compromisso.

Veja um pouco de como funciona o consórcio que é o modo mais indicado

Consórcio, financiamento ou pagamento à vista
Veja as modalidades sobre consórcio, financiamento ou pagamento à vista

Nesta modalidade, juntamente com um grupo de aproximadamente 30 pessoas, dependendo do modelo da motocicleta (autofinanciamento), o comprador paga mensalmente uma mensalidade fixa estabelecida pelo vendedor referente as parcelas do valor total do consórcio (motocicleta + taxas de administração).

Durante o período do pagamento, o comprador (consorciado) só pode retirar a moto ou outro produto qualquer da concessionária, caso for sorteado nas assembleias realizadas, aproximadamente, duas vezes por mês (comumente, tem duas chances a cada sorteio) ou através de lance que é o pagamento adiantado de várias parcelas no mesmo dia, adquirindo o direito de retirar a carta de crédito – motocicleta -, deste modo, entre todos os consorciados presentes, quem oferecer maior valor no lance (sigilosamente), que geralmente variam de R$ 1.000,00 a R$ 5.000,00 – ~5 a 20 parcelas.

Outro método é através do pagamento de 50% do valor total devido do consórcio. Deste modo, o consorciado poderá retirar a motocicleta e continuar pagando o restante das parcelas sem a necessidade de participar dos sorteios.

Caso o comprador não consiga adquirir a motocicleta durante o período de sorteios, deverá continuar pagando as parcelas restantes até que todas sejam quitadas.

Havendo atraso no pagamento de parcelas, cabe ao comprador, verificar quais as penalidades aplicadas pela empresa.

Deverá aguardar o final do plano para retirar o valor investido, caso desistir de continuar no consórcio. Cabe ao comprador verificar quais serão os descontos efetuados pela empresa diante desta decisão (~10%).

O comprador pode ainda trocar o plano atual por um de outro modelo de motocicleta. Deste modo, basta solicitar mais detalhes sobre as novas parcelas ao administrador do consórcio ou pagar a diferença no momento da aquisição.

Obs.: mesmo sorteado ou efetuando o lance, o consorciado deve continuar pagando o restante das parcelas referente ao valor total do consórcio que podem sofrer alterações se houver alterações no valor do preço da motocicleta.

Estas informações foram baseadas em consórcios já realizados e, portanto, podem não coincidir com novas modalidades, sendo que depende também do tipo de empresa que o administra. Cabe ao comprador, escolher qual empresa (Honda, Yamaha, Suzuki, Dafra etc.) oferece o melhor plano no momento, entretanto, cada empresa vende seus próprios modelos.

Financiamento – merece total atenção – nesta modalidade o valor da aquisição pode dobrar

Em suma, esta modalidade refere-se a um tipo de empréstimo feito a um Banco ou Empresa Leasing (são empresas que trabalham com financiamento de bens de consumo, ligadas à fabricantes) de escolha do contratante para efetuar a compra do produto.

A primeira opção, aplica-se através do crédito direto ao consumidor (CDC). É uma das modalidades mais caras devido ao juros cobrados que aumentam de acordo com o prazo para a quitação do valor emprestado. Porém, após a aprovação de crédito, o contratante pode adquirir o produto sem a interferência do vendedor (loja).

Ao escolher este modo de aquisição, deve o contratante ficar atento às taxas e juros cobrados e efetuar o cálculo do valor total que pagará pelo produto.

Diferentemente do consórcio, no modo CDC, o produto adquirido fica alienado ao Banco e não poderá ser transferido para outra pessoa física ou jurídica durante o período de pagamento, salvo no caso de transferência de contrato. Caso o contratante parar de efetuar o pagamento das prestações, o Banco pode entrar com uma ação judicial para leiloar o produto, retirar o valor restante das prestações ou despesas pendentes e devolver o dinheiro que sobrar ao contratante.

Já no modo leasing, o comprador não pode quitar parcelas restantes do contrato para terminar o pagamento e não pode efetuar transferência de contrato. Em caso de desistência por parte do comprador, mediante ação judicial, a empresa pode tomar o veículo do comprador e não devolver o valor já pago pelo mesmo.

A estimativa de preços pode ser calculada no simulador de financiamento.

Motocicletas seminovas podem ser uma ótima opção de compra

Sites como o Mercado Livre, Bom Negócio, Olx e Icarros, são de ótima escolha para comparar preços de motocicletas e ter uma base do valor médio de cada modelo antes de fechar negócio com uma concessionária ou negócio particular (pessoa física para pessoa física) que pode sair muito mais barato.

Outra opção, é verificar o preço médio dos modelos através da tabela Tabela de preços fipe para motos. Deve-se ter atenção também na qualidade ou conservação da motocicleta que influencia na variação de preço de cada vendedor.

Mas atente-se: preços demasiadamente baixos podem estar camuflando problemas.

Conclusão

Para quem pretende comprar um modelo novo e tem pelo menos a metade do valor da motocicleta em mãos, a melhor escolha é o consórcio. Já que em caso de necessidade, paga-se a metade do valor devido (50%) e se ganha o direito da carta de crédito. Por outro lado, o pagamento à vista é indicado para quem possui todo dinheiro em mãos. Lembrando que em alguns revendedores diferença de preços pode ser superior a 20%.

Consórcio, financiamento ou pagamento à vista
4.7 (94.15%) 65 votos
  • João Donizete de Souza

    sou do mato grosso do sul, preciso de uma xt-660 r preta, 2013, sabem de alguma?

  • monicazappa01

    também indico o consorcio para compra de uma moto ou de carro, principalmente por não ser necessário dar um valor de entrada.

    o que deve ser levado em conta também é a taxa administrativa cobrada, a sugestão é sempre pesquisar para não pagar caro, é possível consultar a ferramenta do banco central, que mostra as taxa de juros de instituições financeiras: https://bit.ly/1giuykj
    abraços.

  • Jessica da Silva

    eu quero saber como fazer para compra uma moto. o que eu preciso para compra uma no carne de pagamentos..

  • Jeferson

    oi jéssica, qual moto você quer comprar? você tem algum dinheiro para dar de entrada ou você quer pagar uma parcela apenas e já sair da loja de moto?

    • gisele

      eu quero comprar uma nova ano 2015, dois mil em dinheiro e o restante no cartão de crédito. honda bizz 100.
      ***

      • Paulo

        gisele, conforme informado no artigo, você deve procurar uma concessionária honda e negociar com o vendedor que te atender. sugiro que primeiro você pesquise os preços e somente depois que escolher o melhor preço, feche negócio.

  • lucas Anderson

    oi;-) eu queria saber como desistir de um consórcio e como o dinheiro que foi pago vai voltar pra mim

    • jaksonHenrique

      queria saber quais são os documentos necessários para fazer um consórcio?

      • Paulo

        provavelmente, para dar entrada em um consórcio é necessário apresentar cópias do rg, comprovante de residência (água, luz, telefone…) e contracheque.

  • jaksonHenrique

    contra cheque é o oleriti?

    • Paulo

      exatamente. serve para provar que você será capaz de pagar as parcelas.

      • jaksonHenrique

        só mas uma dúvida paulo e obrigatório carteira de habilitação? obs!!! muito obrigado paulo

        • Paulo

          isso é necessário quando você quiser tirar a moto da loja. entregar a direção para uma pessoa sem habilitação é crime de trânsito e o vendedor pode perder a habilitação se fizer isso. portanto, é sugerido que se você não tiver habilitação para retirar a motocicleta da loja, leve um amigo que tenha. mas antes de querer comprar uma moto ou um carro, recomendo que você tire a habilitação primeiro.

  • isaias

    quero comprar uma moto , estou em dúvida se entro em consórcio ou financiamento , o que vcs sugerem ?
    quero saber se com 5 meses fichado já pode entrar em alguns desses .

    • Andre

      cara, fuja dos financiamentos se você não quiser pagar o dobro do valor da moto.

    • Pedro

      nos eua ao comprar qualquer coisa, tu pagas no máximo 6% de juros cara, aqui no brasil é mais de 60% de juros… para financiar uma moto de r$ 15000 tu vais pagar uns 3% ao mês de juros ao mês além dos 60% que já é cobrado… no fim das contas, uma moto que vale 4 mil dólares nos eua, vai sair por mais de 22 mil no brasil… e olha que nos eua o salário mínimo é de aproximadamente 1600 dólares… que vale mais de r$ 5000… ou seja, três meses de trabalho dá para pagar uma moto lá… aqui no brasil, serão necessários quase 30 meses de trabalho para pagar a mesma moto… entendeu porque todos estão fugindo pros eua?

  • Fabricio

    quero entrar num consórcio e tenho 50 % do valor da moto ,quanto tempo levaria para ser comteplado?

    • Paulo

      olá fabricio, nesse caso, você vai até a concessionária e verifica se tem grupo aberto para você entrar, normalmente para cada consórcio é necessário que haja entre 25 a 40 pessoas… se não tiver em uma loja, você procura em outra… tendo algum grupo aberto, você diz ao vendedor que você já tem a metade do dinheiro para retirar a motocicleta, eu não lembro se tendo a metade do dinheiro você pode retirar a motocicleta no mesmo dia que der entrada no consórcio ou se tem que ser durante o sorteio na assembléia (primeira assembléia)… o vendedor da loja saberá te explicar melhor…

  • Marcelo

    vou comprar uma xj6 n, 600, tenho 10 mil para dar entrada ou lance .. o que é melhor, financiar ou consórcio ? não to com tanta pressa da moto, da pra esperar uns 3 meses.. kk

    • Paulo

      cara, eu acho que essa moto aí não é contemplada no consórcio não. você deve verificar na concessionária se esta moto pode ser adquirida através do consórcio… diversas motocicletas de alta cilindrada não são contempladas… o porque eu não sei… mas se você conseguir, com 10 mil vc consegue tirar no lance… poucas pessoas que entram em consórcio têm 10 mil para dar de lance…

      • izaura

        oiii paulo eu fiz um consórcio da pop 110 se eu der 2000 eu tiro ela.

  • Felipe

    bom dia!
    eu gostaria de comprar uma moto, mas queria q ela fosse vermelha, e nao vejo problema de ser contemplado só no ano que vem?
    se eu for sorteado ou o meu lance aceito em 2016, o ano da moto que eu irei pegar sera 2015 ou 2016?
    e eu consigo escolher a cor que eu quero? porque a outra opção é a branca, e eu não aguento mais moto branca.
    obrigado

    • Paulo

      felipe, você pode aguardar o lançamento do modelo 2016, entretanto (lógico) que o modelo 2016 será mais caro que o modelo 2015 e então você terá que pagar a diferença do valor. e a cor se não haver disponível, você terá que aguardar a chegada da cor que você quer. mas essa cor vermelha, geralmente sempre tem.

      • Felipe

        obrigado pela resposta paulo.

  • Lucas

    quero comprar um carro no valor de 50 mil e tenho 50% do valor já qual a melhor opção ? financiar dando a metade do valor do carro ou fazer o consórcio e dar 50% do lance que seria a metade do carro já ?

  • Ronald

    olá não tenho habilitação e quero tirar uma moto pra depois tirar a carteira ser eu levar meu amigo ele vai ser responsabilizar por algo depois ele min entrega a moto pega algo pra ele.

  • Ádemir

    olá gostaria de saber se ainda tem este modelo cbr 1000rr edição limitada marc márquez cor oficial moto gp laranja

  • Betinha

    eu quero comprar a moto e to querendo dar de entrada 1.000 reais!
    dando este valor consigo sair com ela já da loja?
    me responda isso

    • Jeferson

      betinha, você nem precisa ter dinheiro pra sair da loja com sua moto. o problema é que você vai ter pagar tantas parcelas que, no final das contas, daria pra comprar umas 3 motos iguais no pagamento à vista.

  • eriko Queiroz

    gostaria de saber no consórcio qual melhor prazo pra fazer. um prazo que não fique muito pesado mas que também não esteja pagando 3 motos. no caso seria uma cb500x

  • Junior

    gostaria de saber de quanto é a entrada para tirar a nova pop 110

  • Gabrielle

    pretendo pegar uma twister modelo 2016. já entrei em um consórcio. será que 4mil de lance eu consigo pegar?

  • William santana

    gostaria de saber se eu der 4.000 de entrada na titan 160 e parcelar em 24x quanto vai ficar o valor total da moto e o valor das parcelas

  • Leonardo

    bom alguem poderia min dizer se consigo retirar uma cb500f no consórcio ofertando 10 mil de lance , sera que demoraria muito?

  • rysa

    fui comtemplado em 2015, peguei o modelo que contratei nxr160 bros esdd, escolhi ano 2015 mod 2016, tive que pagar quase r$500,00 a mais pois a gerente disse que era modelo diferente. isso é legal? precisava pagar a mais se tinha contratado o mesmo modelo?

    • Paulo

      sim. vale lembrar que aceitar é opção sua, você pode desistir do plano e pedir de volta o dinheiro. antigamente a empresa podia descontar uns 20% do dinheiro, mas atualmente, parece que eles não podem descontar mais nada. qualquer coisa é só contatar um advogado.

    • Kyrally Saab

      aconteceu isso comigo também. eu acho que isso é errado!

  • Leidiane

    fiz um consórcio de uma biz 110i e paguei apenas uma parcela, se eu dar 2.000,00 de entrada eu tiro ela?

    • Adriano

      eu queria saber, se com $2000 eu posso dar entrada em uma cg160? ou seria melhor comprar uma seminova?

  • Renan

    alguém me diz aí se posso, por exemplo, comprar uma moto modelo 2014 em consórcio ou financiamento, já que não gostei dos novos modelos.

    • motociclismo

      sim e não. no caso, ao invés de modelo 0 km, seria modelo seminovo. conclusão: quer financiar um modelo seminovo ou usado. entretanto, algumas montadoras só disponibilizam consórcio para modelos 0 km.

  • Maria do Carmo

    posso trocar meu consórcio. por um financiamento? já tenho 40% pago do consócio. o que vc me diz? maria do carmo

  • carla

    oi boa noite estou com 4mil e quero ja sair com moto ronda 160 e parcelar o restante tem como

  • João Paulo

    olá boa noite,eu estou trabalhando de carteira assinada já faz dois meses e essa assinatura é a primeira e única por enquanto.eu queria saber se eu conseguiria fazer um consorcio da titan 2017!

  • marcelino

    para ja sair com a pop 110 kual o valor ke tenho ke dar????no caso uma entrada e ficar pagando a mesma

  • Clécio santos alves

    moto honda são as melhor os é a provadas

  • Yasmin Caroline

    o banco liberou uma carta no valor de 30 mil pra mim quero compra uma xt 660 , mais quero pagar parcelas bem baixa tipo no valor de 300 reais por mês , como faço ?

  • lucas

    oi boa tarde quero tira uma moto com entrada de um bom valor como funciona?

  • Jefferson

    porém eu der 50% dar entrada numa moto 160 cg. ela custa 11.300 reais e parcela em 12× quanto vou pagar a moto eu vou paga um pouquinho a mais

    • motociclismo

      nesse caso eu acho melhor entrar num consórcio e dar 50% de lance. as demais parcelas serão iguais e sem juros.

  • marilucia Monteiro da silva

    eu quero vender uma carta de crédito já contemplada e reconhecida em cartorio