Venda e produção de motos despenca no Brasil


@motosmotor

Dados da Fenabrave revelam queda de emplacamentos desde 2012, situação não é diferente para automóveis

De acordo com fontes da Abraciclo, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, no primeiro semestre de 2016, o setor de produção de motocicletas registrou queda de 33,4% em relação ao período de 2015, os emplacamentos recuaram 26,8% e a projeção para queda de produção anual foi de 13,7%. O declínio registrado no mês de setembro em relação a agosto foi de 12,2% e de 20,9% comparado ao mesmo período de 2015.

Fatos esses mencionados pela Fenabrave, Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores, que emite gráficos detalhados da situação do setor no País, desde janeiro de 1997.

Fábrica da Honda - Produção caindo em 2016
Imagem: Fábrica da Honda – Produção em Declínio (Honda)

Fenabrave - Emplacamentos de 1997 a 2016
Gráfico 01 – Emplacamento de motocicletas no período de 1997 a 2016 (Fenabrave)

Conforme se observa no gráfico 01, os emplacamentos tiveram crescimento gradual de 1997 até o segundo semestre de 2008, seguido de queda acentuada até o início de 2009 e manteve novo crescimento gradual até 2011, período que retornou ao declínio.

Fenabrave - Emplacamento de automóveis - 97/2016
Gráfico 02 –  Emplacamento de automóveis no período de 1997 a 2016 (Fenabrave)

De acordo com o gráfico 02, os dados não são muito diferentes para automóveis, apesar de permanecer estável bom um bom período, a queda de emplacamentos foi mais acentuada desde o início de 2015.

Fenabrave - Emplacamento de comerciais leves - 97/2016
Gráfico 03 – Emplacamento de veículos comerciais leves no período de 1997 a 2016 (Fenabrave)

No gráfico 03, observa-se que a queda de emplacamentos foi ainda mais acentuada para veículos comerciais leves desde o início de 2014, com pequena reação no início de 2016, situação muito semelhante para caminhões, ônibus e implementos rodoviários. O único setor que teve alta notável no primeiro semestre de 2016 foi o de máquinas agrícolas, de acordo com dados do Balanço Semestral da Fenabrave, cujo resumo de vendas entre 2005 a 2016 é mostrado na tabela abaixo.

Fenabrave - Projeções de Vendas 2005 a 2016
Tabela – Evolução e Projeções de Vendas entre o período 2005 ao primeiro semestre de 2016 (Fenabrave)

Conforme a tabela, automóveis e comerciais leves tiveram pior situação entre 2015 e 2016, em relação ao mercado de motocicletas. Entretanto, ainda não se sabe quais serão os novos dados até o final do ano, já que a produção de comercialização de motos continua em queda.

* As informações contidas aqui podem não coincidir com atualizações oficiais e podem ser modificadas a qualquer momento sem aviso. Para melhores informações, é sugerido que visite o site oficial da Abraciclo e Fenabrave.

Motos Motor
motos-motor.com.br

Venda e produção de motos despenca no Brasil
4.5 (90.61%) 98 votos
Ao verificar os preços no site oficial antes de comprar ou vender sua moto, o valor pode referir ao preços público sugerido, em Manaus, para pagamento à vista, sem incluir despesas com frete e seguro, o que difere das concessionárias.

2 comentarios em “Venda e produção de motos despenca no Brasil

  1. as vendas estão caindo porque o brasileiro está deixando de ser tolo no país onde o roubo é chamado de cultura.

    Vote neste comentário:
    Gostei (0)Não Gostei (0)
  2. i am genuinely glad to glance at this webpage posts which consists of lots of valuable facts, thanks for providing these kinds of statistics.

    Vote neste comentário:
    Gostei (0)Não Gostei (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *